Patos em Destaque
Observatório UNIPAM

ÁRVORE CENTENÁRIA EM ÁREA DE APP É ALVO DE INCÊNDIO EM PATOS DE MINAS

O local é conhecido como praça da "Biquinha do Caramuru"

WESLLEY RAPHAEL
QUARTA-FEIRA, 12/06/2019
Árvore centenária em área de APP é alvo de incêndio em Patos de Minas
A espécie de gameleira situada em área de preservação permanente na quadra com a presença de nascente urbana, foi alvo de incêndio no último sábado, 8 de junho. A árvore centenária abriga em sua copa uma microbacia conhecida popularmente como "Biquinha do Caramuru", na praça situada entre as ruas Dona Queta e Zina Rocha, na parte alta de Patos de Minas. 
 
A denúncia por parte de moradores adjacentes ao local chegou até à direção do Cima - Conselho Integrado do Meio Ambiente. Os fatos ocorreram após vizinhos próximos à área denunciaram no sábado de manhã que havia sinais de fumaça e chamas em uma árvore na praça da Biquinha do Caramuru. O local conta com a presença de um pé de Gameleira Centenária que contribui ambientalmente para a proteção da nascente, fora alvo de incêndio. 
 
A Guarnição do Corpo de Bombeiros foi acionada e irrigou o tronco da grande árvore, combatendo em tese o fogo. Porém, após a saída do caminhão-pipa dos Bombeiros, o fogo voltou a queimar com saída de fumaça no meio dos troncos ocos. As chamas ficaram camufladas no cerne da Gameleira que continuou queimando até às 12 horas, danificando significativamente os troncos e galhos da árvore, agora com ameaça iminente de queda. Caso sejam comprovadas as más condições da gameleira, ela poderá ser suprimida e substituída por novas mudas de espécies nativas no local. 
 
O secretário ambiental do Cima, Civuca Costa, por volta das 11 horas do último sábado, registrou as imagens das parte danificadas da grande árvore. As fotos foram encaminhadas aos órgãos responsáveis pela fiscalização ambiental em Patos de Minas, dentre outros: Diretoria de Meio Ambiente, Codema, Instituto Estadual de Florestas - IEF, Corpo de Bombeiros e à 10ª Cia PM de Meio Ambiente. O ambientalista solicitou aos órgãos competentes uma vistoria fitossanitária para análise técnica sobre a situação da árvore queimada e danos que o incêndio causou à espécie gameleira. O Cima solicitou também o registro de Boletim de Ocorrência por parte da Polícia Militar de Minas Gerais, para a investigação sobre o crime ambiental. 
 
Segundo, o gestor ambiental do Cima Civuca Costa, "é muito triste a gente se deparar com um crime ambiental assim no final de semana, com o incêndio de uma árvore centenária em área de preservação permanente, em plena Semana Municipal de Meio Ambiente em Patos de Minas. Ainda falta muita conscientização e educação ambiental por grande parte da população que por ignorância, prefere destruir a natureza do que preservação o meio ambiente".  
 
Receba notícias diariamente através do WhatsApp (CLIQUE AQUI). Para ler mais notícias do Patos em Destaque, clique em NOTÍCIAS. Siga também o Patos em Destaque no Twitter e Facebook . Envie informações à redação do portal por WhatsApp pelo telefone (34) 99681 6684.
Fonte: Ascom Cima Patos.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Desenvolvido pela itsit.es