Patos em Destaque
Academia Evolution

COLETIVO LOCAL DE MEIO AMBIENTE REALIZA REUNIÃO ONLINE PARA DISCUTIR TEMAS SOCIOAMBIENTAIS

Na abertura oficial da reunião, a presidente Geize Soares fez um breve relato sobre as etapas e objetivos do Colmeia Patos e do Programa Pró-Manancias

WESLLEY RAPHAEL
SEXTA-FEIRA, 26/06/2020
Coletivo Local de Meio Ambiente realiza reunião online para discutir temas socioambientais
Os membros do Coletivo Local de Meio Ambiente (Colmeia Patos), realizaram uma reunião extraordinária via online pela webcam, na manhã de quinta-feira, 25 de junho. para a discussão e deliberação de temas relacionados a questões socioambientais e de sustentabilidade em Patos de Minas. O encontro presencial aconteceu apenas entre os conselheiros efetivos da Direção Executiva do Colmeia Patos, Geize Carla Soares Marques, Eugênio Pacelli Civuca Costa, Fernando Eugênito Corrêa e José Lucilo da Silva Júlio (Duda) e a participação do gerente de expansão da Copasa de Patos de Minas, Edilson Alves de Oliveira, com o uso de máscaras de proteção e medidas de biossegurança.
 
A presidente do Coletivo Geize Soares foi a mediadora da reunião online. Participaram da conversa à distância os seguintes conselheiros e convidados: de Belo Horizonte,  Nelson Guimarães (Superintendente de Meio Ambiente da Copasa) e Alessandro Palhares (Gerente da Unidade de Serviço de Controle Ambiental da Copasa); de Paracatu, Magaly Torres e Milton Silva (Setor de Atuação Socioambiental da Copasa); Eni Amaral (coordenadora do Pronascentes - Programa Socioambiental de Proteção e Preservação de microbacias de Patos de Minas); Dionísio Brito e Renato Moreira (da Organização de Desenvolvimento Sustentável - ODS); Hellen Cícera de Freitas (Cabo Cícera da 10ª Cia de Polícia Militar de Meio Ambiente); Marta Dias (Analista Socioambiental da Copasa e coordenadora do Projeto Café com Bordado); Henrique Queiroz (coordenador técnico da Emater/MG); e João Fernandes Caixeta (Tenente Fernandes), coordenador da Defesa Civil de Patos de Minas);
 
Na abertura oficial da reunião, a presidente Geize Soares fez um breve relato sobre as etapas e objetivos do Colmeia Patos e do Programa Pró-Manancias durante os últimos dois anos a título de informações para os participantes da reunião online. A presidente Geize Soares em sua abordagem fez questão de destacar que o Coletivo é um órgão colegiado municipal, deliberativo, normativo, técnico com atuação de proteção, preservação, recuperação e conservação dos recursos hídricos nas microbacias pertencentes às bacias hidrográficas dos rios Paranaíba e São Francisco no município de Patos de Minas. "Além disso, ele tem por finalidade promover a gestão participativa e descentralizada dos recursos investidos pela Copasa mediante o Programa Pró-Mananciais, bem como de outros Programas e Projetos que tenham como foco a proteção, preservação, recuperação e conservação dos recursos hídricos nas microbacias do município de Patos de Minas", explicou a presidente do Colmeia 
 
Geize Soares, apresentou o passo a passo da criação do Colmeia Patos e enfatizou que, desde a sua consolidação o Coletivo tem desenvolvido um papel fundamental por meio do Programa Pró-Mananciais com a destinação de recursos e orientação técnica na revitalização de nascentes em comunidades rurais do Município, como a microbacia do córrego Bauzinho na localidade de Pindaíbas e do córrego Bom Sucesso no Distrito de Bom Sucesso. O Colmeia é composto por representantes de órgãos públicos e membros da sociedade civil. Implantado em 2017, no momento o órgão conta com 19 componentes entre titulares e suplentes.
 
Na pauta estavam previstos os seguintes assuntos: Leitura da Ata da última reunião do Coletivo Local de Meio Ambiente; Apresentação do Ofício 010/2020 do Comando de Policiamento de Meio Ambiente com indicação de novos membros representantes no Colmeia; Informações sobre alterações no cronograma, ordem de serviço, prestação de contas e substituição de empresa responsável pelas obras de construção do CEAM Mocambo; Alinhamento sobre as ações do Projeto Café com Bordado – Tecendo a Arte do Bem Comum, em tempo de Pandemia; Relatório das atividades socioambientais desenvolvidas pelos programas Pronascentes e Pró-Mananciais na Comunidade de Bom Sucesso; Informações sobre cronograma de intervenções na área do Córrego Bauzinho em Pindaíbas, com técnica de terraceamento (construção de curvas de nível, bolsões nas estradas, etc, para conservação do solo); Relatório técnico sobre os materiais fornecidos pela COPASA para construção das cercas para proteção de Mananciais e Nascentes. Recomendação técnica sobre os arames e mourões. Alinhamento de proposta para visita técnica ao Viveiro de Peixes da Codevasf, na Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco no município de Três Marias - MG; e proposta na Agenda Ambiental de integração das atividades ambientais alusivas ao Dia Mundial da Água e Dia Mundial do Meio Ambiente para o período da comemoração ao Dia da Árvore, em 21 de setembro em Patos de Minas.
 
 
A coordenadora do Pronascentes, Eni Amaral com o apoio técnico do secretário do Colmeia/Pró-Mananciais, Fernando Eugênito, repassou aos espectadores da reunião o relatório de ações desenvolvidas pelos programas na comunidade de Bom Sucesso, dentre outras: o cercamento de 23 nascentes e georreferenciamento de 74 microbacias. A coordenadora destacou como novidade a construção de corredores ecológicos entre as áreas de proteção permanente (APP's), "entre uma nascente e outra".
 
"As nascentes do córrego Bom Sucesso, manancial que abastece o distrito de mesmo nome, estão sendo cercadas e protegidas. O trabalho, iniciado em dezembro de 2019, busca melhorar as condições dos recursos hídricos e a qualidade de vida daquela comunidade. O cercamento começou em uma das propriedades da região que possui um total de 11 nascentes na parte inicial da microbacia. Esse trabalho vai abranger também as demais propriedades cujas nascentes foram catalogadas e diagnosticadas pelo Programa Municipal Pronascentes. O trabalho de proteção das nascentes do córrego Bom Sucesso é realizado pela Companhia de Saneamento de Minas Gerais (Copasa), com recursos do Pró-Mananciais, e está sendo feito em etapas anuais. Na primeira delas, serão executados 12.526 metros de cerca no isolamento de nascentes", informou Eni Amaral.
 
O ponto de pauta mais debatido foi sobre a substituição da empresa responsável pela construção das obras do Centro de Educação Ambiental - Ceam no Parque Municipal do Mocambo em Patos de Minas. Várias foram as manifestações sobre o assunto. Foi informado pelo gerente de expansão da Copasa de Patos de Minas, Edilson Oliveira, a mudança de empreiteira para a edificação do prédio do Ceam Mocambo em área interna do Parque onde ficavam as antigas  jaulas do minizoológico. O gerente responsável pela gestão da obra repassou aos participantes da reunião que após o rompimento de contrato com a antiga empresa foi repassado à HBA Engenharia da cidade de Frutal-MG o projeto de construção. E, que, em breve estará sendo firmado novo convênio entre Copasa e a construtora, com a assinatura da ordem de serviço para recomeço das obras. "Segundo informações da superintendência da Copasa, a empresa contratada anteriormente vinha descumprindo o cronograma de obra previsto no convênio, por isso foi substituída e agora a gente espera que a nova empreiteira cumpra à risca os termos da construção do Ceam, inclusive com a fiscalização do Colmeia de todas as etapas da obra", observou o vice-presidente do Colmeia, Civuca Costa durante a reunião. 
 
O superintendente de Meio Ambiente da Copasa/MG, Nelson Guimarães fez as suas considerações sobre os temas elencados na reunião, elogiou as ações do Coletivo Local de Meio Ambiente desenvolvidas em Patos de Minas, acrescentou algumas sugestões importantes como o diálogo e alinhamento entre os membros do Coletivo e o setor responsável pela gestão da obra do Ceam Mocambo e acatou as observações feitas durante a reunião online para serem analisadas e apresentadas propostas para a solução de fatos ocorridos em alguns projetos do Pró-Mananciais, que precisam ser corrigidos e aprimorados daqui para frente.
 
A próxima reunião via webcam do Coletivo Local de Meio Ambiente ficou marcada para o dia 8 de julho, às 8h30min, com a diretoria executiva do Colmeia, com a participação de conselheiros e convidados para dar continuidade às discussões socioambientais do Colmeia Patos e Pró-Mananciais e o amadurecimento das propostas aprovadas na reunião realizada no dia 25 de junho de 2020.
 
A atual diretoria executiva do Coletivo Local de Meio Ambiente - Colmeia Patos, foi eleita e empossada no dia 18 de dezembro de 2019, para o mandato biênio 2020/2021, da Chapa Cultivando Água Boa, é composta pelos seguintes membros: Geize Soares (Presidente); Civuca Costa (Vice-presidente); Fernando Corrêa (Secretário) e José Lucilo - Duda (Tesoureiro).
 
Receba notícias diariamente através do WhatsApp (CLIQUE AQUI). Para ler mais notícias do Patos em Destaque, clique em NOTÍCIAS. Siga também o Patos em Destaque no TwitterInstagram e Facebook . Envie informações à redação do portal por WhatsApp pelo telefone (34) 98873-4068.
Fonte: Ascom COLMEIA Patos.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Desenvolvido pela itsit.es