Patos em Destaque
WhastApp banner Patos em Destaque

VEREADORES DISCUTEM PROJETOS DE LEI SOBRE FENAPRAÇA E INTÉRPRETE DE LIBRAS

A reunião é de iniciativa da Comissão de Participação Popular (CPP) do Legislativo Patense

WESLLEY RAPHAEL
SEXTA-FEIRA, 29/11/2019

A Comissão de Participação Popular – CPP da Câmara Municipal de Patos de Minas se reuniu na manhã de hoje (28/11) para discutir questões a respeito da Festa do Povo na Praça – Fenapraça e da acessibilidade aos deficientes auditivos nas repartições públicas e agências bancárias. Estiveram presentes, na reunião, o presidente da CPP, vereador Lásaro Borges de Oliveira; o membro efetivo, vereador Sebastião Sousa de Almeida – Tião Mariano; além dos parlamentares Otaviano Marques de Amorim e Maria Dalva da Mota – Dalva Mota.

Os parlamentares discutiram o projeto de lei de autoria do vereador Lásaro Borges, que revoga a Lei n.º 7.442 – a qual institui a Fenapraça no mês do aniversário da cidade – e que propõe a inclusão e a alteração de eventos na Festa do Povo na Praça.

O objetivo da matéria, segundo o vereador, é alterar a realização da festa para a semana do aniversário de Patos de Minas "justamente para termos o resgate dessa cultura da cidade, que foi se perdendo com o tempo", disse. Ainda na proposta do presidente da CPP sobre a festa, há a sugestão de emendas para que a Fenapraça seja uma "manifestação do povo, para atender à vontade da população de menor poder aquisitivo que deseja usufruir desse período de comemoração da cidade" encerrou Lásaro. "Existe essa dificuldade para a população acompanhar a festa, mas a Fenapraça, com soluções locais resolve", ressaltou o vereador Otaviano Marques.

Outra pauta da reunião foi a obrigatoriedade da presença do intérprete de Libras nas repartições públicas e agências bancárias. O vereador Lásaro Borges afirmou que "as pessoas com deficiência auditiva vão aos locais e esperam o dia todo, sem conseguirem se comunicar". "Depende também dos atendentes, de eles ajudarem essas pessoas", acrescentou o vereador Tião Mariano. Os presentes adicionaram à proposta inicial a possibilidade de se treinar os atendentes já em serviço ou até a instalação de televisores com as chamadas em Libras.

Sobre a Fenapraça, os participantes resolveram que o tema demandará discussões com o prefeito, José Eustáquio Rodrigues Alves, e o secretário de cultura, Fábio Amaro. Já, sobre a instituição da obrigatoriedade do intérprete de Libras, a proposta será formulada e apresentada na próxima reunião da Comissão de Legislação, Justiça e Redação – CLJR.

Receba notícias diariamente através do WhatsApp (CLIQUE AQUI). Para ler mais notícias do Patos em Destaque, clique em NOTÍCIAS. Siga também o Patos em Destaque no Twitter e Facebook . Envie informações à redação do portal por WhatsApp pelo telefone (34) 99681 6684.

Fonte: Assessoria de Comunicação da Câmara Municipal de Patos de Minas.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Desenvolvido pela itsit.es