Tarantella Pizzaria
Patos em Destaque
Vestibular Agendado - FPM

SOBE PARA 65 CASOS CONSIDERADOS RECUPERADOS DA COVID-19 EM RIO PARANAÍBA

Os três óbitos suspeitos continuam sendo investigados pelo Comitê Regional de enfrentamento à COVID-19

WESLLEY RAPHAEL
TERÇA-FEIRA, 30/06/2020

A Assessoria de Comunicação da Prefeitura de Rio Paranaíba divulgou no início da noite desta segunda-feira (29), mais um boletim epidemiológico em que pelo segundo dia consecutivo o município está com 84 casos confirmados desde o início da pandemia, sendo que, neste momento, 16 casos são ativos.

O número de pessoas consideradas recuperadas da doença já chega a 65, enquanto que o número de pessoas liberadas da quarentena já ultrapassa a marca de 800 pacientes. Rio Paranaíba já descartou 346 exames por testarem negativo e aguarda o resultado de outros 25 exames.

As equipes de saúde estão monitorando 101 pacientes com síndrome gripal leve ou moderada e, além disso, o município possui um paciente internado na UTI. Os três óbitos suspeitos continuam sendo investigados pelo Comitê Regional de enfrentamento à COVID-19.

Em nota, a secretária de saúde, Márcia Elaine, ressalta que um dos pacientes que está internado na UTI em Patos de Minas, reside em Guarda dos Ferreiros e que, após ser verificado o endereço, o mesmo pertence ao município de São Gotardo. Com isso, segundo a nota, houve a redução de dois casos positivos no boletim diário, sendo um internado e outro contato com caso positivo.

Márcia salienta ainda que Rio Paranaíba continua com 84 casos, pois nesta segunda-feira (29), a secretaria recebeu o resultado de outros dois casos residentes do município. Rio Paranaíba continua com um paciente internado da UTI com síndrome respiratória aguda.

Receba notícias diariamente através do WhatsApp (CLIQUE AQUI). Para ler mais notícias do Patos em Destaque, clique em NOTÍCIAS. Siga também o Patos em Destaque no TwitterInstagram e Facebook . Envie informações à redação do portal por WhatsApp pelo telefone (34) 98873-4068.

Texto: Gilberto Martins

Fonte: Paranaíba Agora.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Desenvolvido pela itsit.es